Clínica de Fisioterapia da FSG passa a contar com aparelho para suspensão corporal

Os pacientes atendidos pela Clínica de Fisioterapia da FSG agora contam com um novo sistema que irá facilitar a reabilitação físico-funcional no treinamento de marcha (caminhada). Por meio do aparelho de suporte parcial de peso corporal, o paciente pode ser elevado mecanicamente na esteira para o exercício.

O equipamento foi desenvolvido em parceria com o curso de Engenharia Civil da FSG e a instituição de ensino é a primeira da região a contar com essa opção nos tratamentos fisioterapêuticos. O novo aparelho é capaz de fornecer dados precisos para o acompanhamento do tratamento, evolução do método e pesquisas científicas.

A estrutura é composta de uma esteira eletrônica e uma grua na qual o paciente é acomodado por um colete de segurança, e posicionado em pé para movimentar os membros inferiores. Ele pode ser suspenso completamente ou de acordo com a porcentagem do peso corporal que se deseja suportar.

À medida que o paciente vai adquirindo maior capacidade de se sustentar na esteira, a parcela de peso corporal suportada pelo equipamento é diminuída. O valor da descarga de peso é uma informação importante para o sucesso do treinamento de marcha.

A atividade é um método terapêutico muito eficaz no atendimento a pacientes com variações na marcha. É indicado para quem possui patologias neurológicas como acidente vascular cerebral, lesão medular, paralisia cerebral, Parkinson e esclerose múltipla. Ainda a quem possui alterações ortopédicas como osteoartrite, amputações, pós-operatórios de membros inferiores em geral e sequelas do envelhecimento.

O Curso de Fisioterapia da FSG possui 10 programas voltados à comunidade, com a participação de professores e estudantes. Ao todo, são realizados 250 atendimentos semanais. Recentemente, a Clínica passou a realizar atendimentos fisioterapêuticos gratuitos para alunos da Apae de Caxias do Sul, por meio de um convênio de cooperação com a prefeitura.