Enfermagem de portas abertas para o mercado

Quem escolheu Enfermagem como profissão não precisa se imaginar exclusivamente em um hospital. São inúmeras as possibilidades de atuação do enfermeiro, sendo que este profissional, ao final do curso, estará apto a trabalhar em mais de 10 áreas diferentes. Além dos hospitais, esses profissionais podem trabalhar também em clínicas geriátricas e empresas como enfermeiros do trabalho, além de escolas e Instituições de Ensino Superior como docentes e pesquisadores.

enfermagem-fsg

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda no mínimo 2 enfermeiros para cada mil habitantes. Há excelentes oportunidades aqui mesmo em Caxias do Sul, ou na Região. Os concursos públicos costumam ser frequentes na área, assim como as oportunidades para atuar nos seis hospitais da cidade (Hospital Geral, Hospital Pompéia, Hospital do Círculo, Hospital da Unimed, Hospital Saúde, Hospital Virvi Ramos). Ao longo do Curso de Enfermagem é muito importante que o acadêmico aproveite as atividades práticas oferecidas pela FSG, os estágios curriculares e os estágios extracurriculares, para poder definir em que área pretende atuar.

O enfermeiro pode trabalhar como gestor de equipes, auditar os procedimentos hospitalares de enfermagem e mesmo auxiliar na montagem de unidades de saúde. Ele pode especializar-se em:

Enfermagem geral: realizar gestão de equipes formadas por técnicos e auxiliares de enfermagem

Enfermagem médico-cirúrgica: ministrar cuidados pré e pós-operatórios em prontos-socorros, clínicas e hospitais

Enfermagem de resgate: participar do salvamento de vítimas de acidentes ou catástrofes

Enfermagem de saúde pública: formar, capacitar e supervisionar os agentes de saúde, esclarecer a população sobre a prevenção de doenças e promover a saúde da coletividade atendendo em hospitais, centros de saúde, creches e escolas.

Enfermagem do trabalho: elaborar e acompanhar programas de prevenção e manutenção da saúde dos funcionários, realizar atendimento ambulatorial em empresas

Atendimento domiciliar: cuidar de pacientes indo até suas casas, ajudar o doente em exercícios terapêuticos e cuidar da higiene e bem-estar

Enfermagem geriátrica: atender idosos em domicílio, casas de repouso, clínicas e hospitais

Enfermagem pediátrica: acompanhar o desenvolvimento de bebês e crianças, orientando os pais em relação a todos os cuidados necessários

Enfermagem obstétrica: dar assistência integral a gestantes, parturientes e mulheres que amamentam. O profissional de enfermagem orienta o pré-natal, encaminha exames e ajuda o médico no parto e no pós-parto

Enfermagem psiquiátrica: auxiliar no tratamento de pacientes com distúrbios psicológicos

Ensino: orientar projetos de pesquisa e ministrar aulas teóricas e práticas

Gestão da qualidade: avaliar e planejar os processos assistenciais com o objetivo de aumentar a segurança dos pacientes

Gestão de projetos: administrar e controlar as atividades destinadas a projetos multidisciplinares, como abertura de uma ala hospitalar ou implementação de um novo protocolo em clínicas ou hospitais

enfermagem-fsg

Ou seja, não faltam possibilidades diferentes de trabalho e, claro, elas vão bem além dos hospitais e clínicas. Se você pensa em fazer enfermagem, aproveite as dicas dos professores da FSG durante todo o curso, vá escolhendo as áreas de sua preferência e fique atento a todas as oportunidades que surgirem. Uma vantagem dessa área é que os conselhos profissionais e os sindicatos são bastante organizados e anunciam vagas de trabalho em seus sites. O mercado para a área da saúde está bastante aquecido e a enfermagem está em busca de profissionais apaixonados.

banner_site_saude_1920x400px