As formaturas e suas histórias

Cada formando tem uma história particular, certamente emocionante e cheia de momentos de superação. Leia abaixo duas dessas histórias, coletadas durante a Formatura Unificada, e conheça um pouco do universo dos formandos da FSG.

Criadora e criatura
Prestes a receber o diploma em Design, Madhava Menegazzo, 25 anos, circulava entre as formandas já padronizada com a tradicional toga preta e azul e desfilando um belo sapato preto de couro. Mas quem conhece a história dessa estudante sabe que o sapato, naquele momento, estava representando algo bem mais precioso: o quanto valeu a pena pesquisar durante todo o curso.

O sapato em questão, foi desenvolvido durante o Trabalho de Conclusão de Curso e apresentado na banca de Madhava. Ou seja, ela pensou em cada detalhe, fez o projeto, executou o sapato e com ele conquistou a aprovação de seus mestres.

Depois da formatura, claro, o sapato voltará para o portfólio de Madhava, que já foi selecionada para participar de um curso dentro de uma importante empresa gaúcha de calçados, podendo ser contratada ao final do projeto.

Feliz com a graduação, Madhava contou que foi durante o Curso que descobriu a sua vocação para o design de produto, especialmente para a área de design de calçados e pretende seguir neste caminho.

Foto: Janaína R. Silva/FSG

Graduada em Design, Madhava utilizou na cerimônia o sapato que desenvolveu durante o TCC

Professor no papel de aluno
O professor Odir Berlatto, Mestre em Ciências Sociais, e conhecido pela atuação em diversos cursos da FSG, circulava feliz entre os formandos de Direito, na Formatura Unificada. Aos 42 anos, depois de ter feito várias especializações e Mestrado, ele resolveu retomar o sonho de cursar Direito. Filho de agricultores, ingressou no seminário para ter a oportunidade de estudar. E acabou cursando Filosofia, como primeira Graduação. Há quatro anos, decidido a retomar o sonho, ele encontrou horários para se dedicar aos estudos e, nesse ano, concluiu a sonhada graduação em Direito.

– Essa nova graduação foi muito gratificante, até porque hoje tenho várias questões amadurecidas. Teve semestres em que não faltei um dia sequer, já tenho meu próprio método de estudo, gosto muito de pesquisa. Isso certamente ajudou muito – disse comemorando a conclusão do Curso.

Dedicado, Odir já fez a primeira etapa da prova da OAB e foi aprovado. Ele nem pensa em abandonar a docência, mas já planeja começar a atuar no Direito assim que possível.

Se você também se formou na FSG conte sua história pra gente. Conte como a FSG marcou a sua história e participe do projeto Ser Grande é Ter Você!

Nos bastidores, o Professor Odir Berlatto, que é Mestre em Ciências Sociais, comemorava a nova Graduação, agora em Direito

 

0 Comentários

Sem Comentários

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este artigo.

deixar Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *