Nossos alunos egressos de Direito são aprovados em Programa de Mestrado. Que orgulho!

Dois alunos egressos do Curso de Direito da FSG foram aprovados no processo seletivo de renomadas instituições: Isadora C. Fadanelli fará o Mestrado em Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)  e Andersson Vieira Carvalho cursará o Mestrado em Ciências Criminais da PUCRS.

Fizemos uma entrevista pingue-pongue com eles para sabermos mais desta conquista. Boa leitura!

 

  • Por que optou por cursar Direito na FSG?

Isadora: Quando concluí o Ensino Médio não sabia qual curso escolher – gostaria de trabalhar com algo com que eu pudesse ajudar as pessoas. Por isso, acabei optando por cursar Direito devido ao vasto leque de oportunidades que o curso proporciona. Porém, logo no primeiro semestre gostei muito do curso.

Andersson: Joguei futebol durante toda a minha adolescência, mas acabei desanimando com algumas circunstâncias e decidi deixar o esporte de lado ainda muito cedo. Depois que deixei o futebol para trás, acabei ficando dois anos afastado dos estudos, refletindo sobre o que cursar. Decidi pelo direito – acredito que tenha sido pela influência direta da minha mãe, que é professora e sempre me incentivou ao hábito da leitura, e também por conta do meu pai, que, embora não seja da área jurídica, falava que eu deveria cursar direito para buscar melhores colocações no mercado de trabalho.

 

  • Gostou de ter estudado com a gente? Por que?

Isadora: Para mim, estudar Direito na FSG foi uma experiência bastante enriquecedora, tanto pessoal como profissionalmente. Primeiro porque tanto os professores como os coordenadores são muito acessíveis, sempre dispostos a atender os alunos. Além disso, foram surgindo muitas oportunidades ao longo do Curso: realizar estágios, participar do Diretório Acadêmico, auxiliar na organização palestras e eventos. Conheci professores excelentes no Curso de Direito da FSG, a grande maioria das aulas eram muito boas e tive uma boa base teórica em diversas disciplinas, coisas que foram fundamentais para que eu pudesse ser aprovada na seleção de Mestrado em Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que é uma seleção muito concorrida.

Andersson: Minha experiência na FSG foi ótima, pois sempre tive a instituição praticamente como uma segunda casa (passei mais tempo na FSG do que propriamente em casa), muito por conta do meu envolvimento com inúmeras atividades extracurriculares, grupo de pesquisa e diretório acadêmico. Por conta de tudo isso, posso dizer sem sombra de dúvidas que fui acolhido pela instituição e gostei muito de ter feito parte do corpo discente do Curso de Direito.

 

  • O que o/a motivou a seguir os estudos rumo ao mestrado?

Isadora: Como mencionei acima, conheci professores excelentes no Curso de Direito da FSG, acredito que esta tenha sido a primeira motivação para seguir os estudos dentro de um programa de Mestrado. Desde o início do Curso me interessei pela pesquisa científica dentro da área do Direito, e, durante a graduação, publiquei diversos artigos, em coautoria com colegas e professores em Congressos e Revistas da área jurídica.

Andersson: Durante a graduação, fui incentivado por alguns professores e acabei tomando gosto pela pesquisa científica e pelo ambiente acadêmico, o que acarretou em um maior envolvimento com a academia desde a metade do curso. Os incentivos que recebi de alguns docentes fizeram eu perceber que poderia crescer academicamente e expandir horizontes, então acabei procurando formas de aprender a pesquisar, redigir e publicar artigos, assim como apresentar trabalhos em Congressos Jurídicos e colaborar na organização de outros. Desse modo, a ideia, por assim dizer, de seguir dentro da academia e entrar no mestrado foi algo planejado e almejado sobretudo nos dois últimos anos.

 

  • Qual será a área de estudo? Fale um pouco sobre.

Isadora: Meu Trabalho de Conclusão de Curso foi sobre a problemática do crime de estupro cometido contra mulheres durante os conflitos armados internacionais, mais especificamente, de que maneira a comunidade jurídica internacional lida com isso. Pretendo seguir com esta pesquisa no Mestrado.

Andersson: Minha área de pesquisa sempre foi as ciências criminais, delimitada a algumas pesquisas em direito penal e processo penal. Na graduação, fiz minha monografia dentro da dogmática penal e segui para o mestrado com a intenção de continuar pesquisando nessa área do direito, muito por conta da influência do meu orientador, Prof. Dr. Fábio Fayet.

 

  • Você participou do grupo de pesquisa ou fez iniciação científica na FSG? Em qual área?

Isadora: Sim. Como desde a metade do curso eu já tencionava ser aprovada em alguma seleção de Mestrado, sabia que para isso participar de alguma atividade de pesquisa era um critério muito importante dentro da seleção. Assim, eu e o Andersson reunimos mais alguns colegas e demos início a um Grupo de Pesquisa no ano de 2016. Nosso grupo ganhou apoio da Coordenação e disso surgiu o Grupo de Estudos em Globalização, Direitos Humanos e Criminalidade, do qual fui bolsista entre os anos de 2017 e 2018.

Andersson: Participei de ambos, tanto do Grupo de Pesquisa quanto das atividades de iniciação científica da FSG, com o foco da pesquisa sempre voltado ao direito penal e processo penal.

 

  • Quais são suas expectativas quanto ao mestrado?

Isadora: Ter sido aprovada em uma seleção de Mestrado tão concorrida como a da UFRGS já gera, por si só, uma grande expectativa. A UFRGS tem um Programa de Pós-Graduação internacionalmente reconhecido por sua qualidade e excelência, e ter a chance de estudar nesta instituição é uma oportunidade única.

Andersson: Minhas expectativas são as melhores possíveis. Embora a FSG tenha me proporcionado uma ótima graduação, penso que ainda tenho muito a aprender dentro da academia, e o mestrado com certeza irá possibilitar isso, haja vista que o nível de exigência na pesquisa científica é maior e, além disso, também poderei aprofundar meus estudos em ciências criminais e angariar mais conhecimento.

 

Isadora e Andersson, estamos muito felizes com a conquista de vocês.

Parabéns e muito sucesso nesta nova etapa.