Senado aprova reconhecimento da profissão de Designer de Interiores

O Senado Federal aprovou o reconhecimento da profissão de Designer de Interiores no último dia 17 de novembro. Agora, o projeto foi encaminhado para sanção da Presidência da República. A medida assegura o exercício da profissão a portadores de diploma de curso superior nas áreas de Design de Interiores, Composição de Interior, Design de Ambientes na especialidade de Interiores, e em Arquitetura e Urbanismo.

A FSG oferece o curso de Design de Interiores em suas duas unidades, em Caxias do Sul e Bento Gonçalves. Conforme o coordenador do curso em Bento, professor Marcelo Damazzini, o reconhecimento da profissão de Designer de Interiores era uma reivindicação antiga dos profissionais e da Associação Brasileira de Design (ABD).

– Com esse projeto, abrem-se possibilidades para a fiscalização dos profissionais, escolas e cursos, e para a criação de um conselho próprio, a fim de fiscalizar e valorizar a profissão. Esses pontos são essenciais para que a qualidade dos serviços prestados pelos designers seja cada vez melhor – garante o professor.

Ainda segundo Damazzini, além desses fatores, estudantes que estão cursando Design de Interiores terão a certeza do respaldo legal sobre a profissão que escolheram.

– A sociedade em geral sai fortalecida, pois contará com profissionais cada vez mais capacitados e, além disso, terá proteção contra profissionais não habilitados ao exercício da profissão – considera.