Visita especial: Chef Ariel Lettieri ministra aula na disciplina de Panificação do Curso de Gastronomia.

A FSG  teve a honra de receber o renomado Chef Ariel Lettieri, proprietário da Sweez Café, para ministrar 5 aulas na disciplina de panificação do curso de Gastronomia.

Ariel Lettieri, aos 14 anos lançou-se profissionalmente no mercado de Confeitaria por toda Argentina. Desde jovem, seu desejo era trabalhar nos melhores lugares e com os melhores Chefs, onde pudesse aprender e aprimorar suas técnicas. Passou por renomados hotéis como o InterContinental (5 estrelas) e Lhao Lhao (5 estrelas), Patrimônio mundial, na Patagônia.

No ano de 2003, seguiu rumo à Espanha para assumir o cargo de Chef Pâtissier e Boulanger do hotel cinco-estrelas GL Rey Juan Carlos I e o Palau de Congressos de Catalunha, localizados em Barcelona. Ainda na Espanha passou pelos renomados restaurantes Jean Louis Neiche (2 estrelas Michelin), Relais & Châteaux e Maricel. Em 2006, foi para a cidade de Marbella, onde atuou na filial espanhola da mais famosa e prestigiada confeitaria do mundo, a Lenôtre Paris, na qual chefiou por dois anos a produção de pães, confeitaria, chocolateria e gelateria. Após esses anos de Lenôtre na Espanha, retornou a Buenos Aires para trabalhar como chef professor confeiteiro no Instituto Internacional de Artes Culinárias Mausi Sebess, considerada a melhor escola de gastronomia do país. No ano de 2010, Ariel foi convidado para retornar à Lênotre Paris, dessa vez em Plaisir, na França, onde fica a École Lenôtre e a central de produção de todas as boutiques. Na qual foi responsável pela finition des pâtisserie distribuídas para as diversas lojas parisienses.

Em 2012, foi convidado pelo chef Roland Villard para fazer parte da equipe da premiada gastronomia do Sofitel Rio de Janeiro Copacabana (Accor Group), onde permaneceu por três anos, comandando a confeitaria e padaria de todo o hotel, incluindo o famoso Restaurante Le Pré Catelan.

Um dos pontos de destaque ao longo da carreira de Ariel foi a participação em alguns dos mais importantes concursos de confeitaria na Europa, entre eles a Copa de Confeitaria da Espanha, em 2007, onde ganhou o segundo lugar na categoria “Açúcar Artístico e Confeitaria”, com votação dada por um júri de peso, formado por nomes como Paco Torreblanca, Carles Mampel, Ramon Morato e Jacob Torreblanca. Ainda em 2007, Ariel ficou em 4º lugar no “Festival International Des Arts Gourmands”, na categoria “Açúcar Artístico”. Dentre os jurados estavam Stéphane Klein, um dos maiores escultores em açúcar do mundo, Christophe Michalak campeão do mundo de pâtisserie e Gilbert Ponee, um dos fundadores da escola Lenôtre.

No Brasil, competindo pelo Sofitel Copacabana, ganhou o Prêmio Guia 4 Rodas de melhor Croissant e melhor Café da manhã do Rio de Janeiro, competindo com grandes hotéis como Fasano e Copacabana Palace, nesta época o restaurante Le Pré Catelan ganhou a estrela Michelin (o prêmio máximo da gastronomia mundial).

De acordo com a professora da disciplina de panificação Kelin Quines, Dra. em Engenharia de Alimentos, o foco das aulas ministradas pelo Chef Ariel Lettieri foi em padaria artesanal francesa, técnicas, opções e realidade atual. Nas quais foram realizadas práticas de boulangerie artisanale, viennoserie au brioche, pâtisserie du bulanger e patê decor, que proporcionaram o conhecimento da história de cada tema abordado e de uma variedade de técnicas aplicadas na panificação francesa.

Desta maneira, com as aulas ministradas pelo Chef Ariel, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer e aprender com a experiência de um grande chef, não somente pelo conhecimento técnico, de panificação, mas também pelas experiências vividas na prática ao longo de todos esses anos de trabalho em diversos restaurantes e hotéis de vários países. Foi uma grande oportunidade de aprendizado sobre a panificação francesa, de entendimento, de como a qualidade dos ingredientes utilizados, as técnicas e o conhecimento de cada etapa do processo de panificação podem influenciar no produto final, e de motivação frente à história de vida desse grande profissional, que desde muito cedo soube onde queria chegar, que foi determinado e resiliente para conquistar seus objetivos e tornar-se um grande Chef. Segundo o Chef Ariel, “temos que ter muito claro de onde viemos, onde estamos e onde queremos chegar”.