O Observatório da Serra Gaúcha (Observa Serra) é um programa de pesquisa e extensão do Centro Universitário da Serra Gaúcha/FSG e foi constituído para que, através da análise crítica-construtiva, da informação e da pesquisa, contribua decisivamente no processo de tomada de decisão em políticas socioeconômicas nos 32 municípios que formam o Corede Serra. Essas políticas são fundamentais para a transformação da realidade social e econômica da sociedade da Serra Gaúcha.

A criação do Observa Serra está ligada ao compromisso da FSG com o desenvolvimento da região e com a formação integral de seus acadêmicos, bem como a transformação desses em cidadãos protagonistas. As informações geradas pelo observatório encontram respaldo nas demandas dos gestores governamentais e da sociedade civil da Serra Gaúcha, assim como pela comunidade acadêmica, a partir da necessidade de acesso a indicadores socioeconômicos dos municípios e região.

Sob a coordenação do Professor Me. Itacir Alves da Silva o Observa Serra busca identificar um conjunto de indicadores que expressem a realidade socioeconômica dos municípios integrantes do Corede Serra, promovendo a análise e o debate das realidades regionais, através da divulgação responsável de informações importantes para a população.

Além disso, o observatório serve de agente de assessoria e formação acadêmica às demandas de campo de estudo. Os dados utilizados são caracterizados como secundários e referendados por entidades e órgãos com larga experiência na coleta e análise dos mesmos. Entre as principais fontes de pesquisas destaca-se a Fundação de Economia e Estatística do Estado do Rio Grande do Sul, IBGE, Datasus, entre outras.

Atualmente, o Observa Serra disponibiliza os seguintes conjuntos de indicadores:

  1. Homicídio Doloso
  2. Furtos
  3. Furto De Veículos
  4. Roubos
  5. Latrocínio
  6. Roubo De Veículos
  7. Estelionato
  8. Delitos Relacionados À Armas E Munições
  9. Entorpecentes – Posse
  10. Entorpecentes - Tráfico
  1. Mulheres Vítimas - Lei Maria Da Penha - Ameaça
  2. Mulheres Vítimas - Lei Maria Da Penha - Lesão Corporal
  3. Mulheres Vítimas - Lei Maria Da Penha - Estupro
  4. Mulheres Vítimas Femicídio
  5. Mulheres Vítimas Femicídio Tentado
  1. Índice de Gini da Renda Domiciliar per capita;
  2. Indicadores Gerais;
  3. Frota de Veículos;
  4. Perfil Tributário;
  5. Evolução Populacional e Pirâmide Etária;
  6. Docentes, Escolas e Matrículas;
  7. Índice de Desenvolvimento Socioeconômico – IDESE;
  8. Índice de Alfabetismo;
  9. Receitas e Despesas Orçamentárias
  1. IN001 – Taxa de empregados em relação à população urbana (empregados/1.000hab.).
  2. IN003 – Incidência das despesas com o manejo de RSU (resíduos sólidos urbanos) nas despesas correntes da prefeitura (%)
  3. IN005 – Autossuficiência financeira da prefeitura com o manejo de RSU (resíduos sólidos urbanos) (%).
  4. IN006 – Despesa per capita com manejo de RSU (resíduos sólidos urbanos) em relação à população urbana (R$/hab.)
  5. IN015 – Taxa de cobertura do serviço de coleta de RDO (resíduos domiciliares) em relação à população total do município (%).
  6. IN016 – Taxa de cobertura do serviço de coleta de RDO (resíduos domiciliares) em relação à população urbana (%).
  7. IN021 – Massa coletada de resíduos domiciliares e públicos (RDO + RPU) per capita em relação à população urbana (kg/habitante/dia).
  8. IN023 – Custo unitário médio do serviço de coleta de resíduos domiciliares e públicos (RDO + RPU) (R$/t).
  9. IN028 – Massa de resíduos domiciliares e públicos (RDO + RPU) coletada per capita em relação à população total atendida pelo serviço de coleta (kg/habitante/dia).
  10. IN031 – Taxa de recuperação de materiais recicláveis (exceto matéria orgânica e rejeitos) em relação à quantidade total de resíduos domiciliares e públicos (RDO + RPU) coletada (%).
  11. IN032 – Massa recuperada per capita de materiais recicláveis (exceto matéria orgânica e rejeitos) em relação à população urbana (kg/habitante/ano).
  12. IN043 – Custo unitário médio do serviço de varrição (prefeitura + empresas contratadas) (R$/Km).
  13. IN054 – Massa per capita de materiais recicláveis recolhidos via coleta seletiva (kg/habitante/ano).
  1. IN004 – Tarifa média praticada (R$/m³)
  2. IN101 – Índice de suficiência de caixa (%)
  3. IN009 – Índice de hidrometração (%)
  4. IN011 – Índice de macromedição (%)
  5. IN022 – Consumo médio per capita de água
  6. IN023 – Índice de atendimento urbano de água (%)
  7. IN049 – Índice de perdas na distribuição (%)
  8. IN055 – Índice de atendimento total de água (%)
  9. IN016 – Índice de tratamento de esgoto (%)
  10. IN024 – Índice de atendimento urbano de esgoto referido aos municípios atendidos com água (%)
  11. IN056 – Índice de atendimento total de esgoto referido aos municípios atendidos com água (%)